shopping-bag 0
Itens : 0
Subtotal : R$0,00
Ver Carrinho Check Out

Título único do Blog

Esta é uma legenda de blog único

De olho na Série D, União espera publicação do acórdão para o recurso

Decisão do TJD-MT retirou seis pontos do Colorado, e o clube precisa da publicação do acórdão pela Federação Mato-Grossense de Futebol, para entrar com o recurso

Por Israel PratesCuiabá, MT

Gauchinho, presidente do União Rondonópolis (Foto: Kelson Abrão)
Gauchinho, presidente do União Rondonópolis (Foto: Kelson Abrão)

Sem esperança de voltar à semifinal do Campeonato Mato-Grossense, o União espera pela oficialização do acórdão do TJD-MT para tentar ao menos a vaga na Série D do Campeonato Mato-Grossense de 2018, através do recurso.

No julgamento realizado no dia 4 de abril pelo Tribunal de Justiça Despotiva de Mato Grosso, ficou decidido a perda de seis pontos do União Esporte Clube na tabela de classificação, e com isso também a retirada do time da semifinal do estadual, e consequentemente o time de Rondonópolis perdeu a vaga na Série D do ano que vem.

E é justamente essa última perda, que o Colorado quer tentar reverter. Em conversa com a reportagem do GloboEsporte.com, o Presidente do União disse que voltar ao estadual é muito difícil, mas que vai lutar até o fim para voltar a ter o direito de disputar a Série D em 2018.

– Estamos esperando a decisão técnica dos membros do TJD-MT, para aí sim entrar com o recurso. Sabemos que voltar à semifinal já é praticamente impossível, o estadual já era, não volta mais. Mas o nosso objetivo, é conquistar pelo menos a vaga na Série D, e é o que vamos tentar com esse recurso. disse Edicarlos Olegini, Presidente do União de Rondonópolis.

Segundo o Presidente do TJD-MT, João Vicente Scaravelli, o acórdão deve ser disponibilizado à Federação Mato-Grossense de Futebol ainda hoje. A partir daí, o clube teria 48 horas para entrar com o recurso.

Enquanto isso, muitos dos jogadores que estavam atuando pelo Colorado na competição já deixaram o clube. Entre eles o meia Calado, um dos jogadores envolvidos na denúncia feita pelo Dom Bosco,e  que culminou na eliminação do União na competição.

Além de Calado, deixaram o clube o atacante Valdir Papel, o lateral direito Alessandro, os volantes Pink e Lê, o zagueiro Kall, e o goleiro Rubens Júnior. O atacante Edilson, e o meia Ronaldo Ortega, foram para o comando técnico do time sub19. Segundo ainda o Presidente Edicarlos, só os garotos aproveitados da base ficaram.

– O objetivo é não parar, fazer um trabalho diferente de outros anos, temos que sair daquele círculo vicioso. Nós ajustamos os salários de quem ficou, vamos organizar a casa, não dá mais para os atletas ficarem oito, nove meses parado como ficavam antes.

União Rondonópolis 2017 (Foto: Divulgação/União Esporte Clube)
União Rondonópolis 2017 (Foto: Divulgação/União Esporte Clube)

Deixe uma resposta