Ex-presidente do Barcelona será julgado

O ex-presidente do Barcelona está sendo julgado por lavagem de dinheiro. Sandro Rossel comparecerá à Justiça para apurar todos os meandros do caso relacionado à venda dos direitos dos jogos brasileiros.

O Comitê de Investigação do país já apresentou uma decisão para conduzir o caso. Acredita-se que o ex-presidente da empresa, sua esposa e outras duas pessoas estejam envolvidos em lavagem de dinheiro. Ainda não foi marcada data para a audiência.

De acordo com os materiais em que o juiz se baseou, há motivos para acreditar que o dinheiro foi desviado. Problemáticos são os contratos de patrocínio entre a equipe e a Nike. Além disso, não está claro o destino dos recursos recebidos com os direitos de exibição na televisão das partidas com a participação do Brasil.

De euros

De acordo com os contratos, foi registrada uma perda de 5 milhões de euros e de direitos televisivos – 15.

No momento, o ex-presidente do clube de futebol está sob custódia. Recorde-se que esteve à frente do Barcelona no período de 2010 a 2014. O próprio suspeito nega completamente sua culpa e ligação com os eventos descritos.

Vale ressaltar que outro caso está sendo preparado na Espanha. Acusa Rosell da ilegalidade da transferência de Neymar para o Barcelona, ​​ocorrida em 2013. Nota-se que ações fraudulentas e esquemas de corrupção aparecem no caso.